1 de out de 2010

A guerreira

Acordar as 5 horas da manhã. Todos os dias. Difícil. Estudar, trabalhar, ajudar na casa, na família, nos afazeres, nas responsabilidades, e por aí vai. Depois de um dia de 'luta', deve ainda estar disposta para ir a igreja, e buscar seu Deus.

Muitas a chamam de maluca, por tentar (e conseguir) fazer tantas coisas de uma vez. Outras, ainda a botam 'pra baixo', dizendo que nunca conseguirá alcançar seu objetivos. E aquela jovem deve aguentar tudo aquilo com firmeza, sem se deixar abalar. Afinal, as lutas são constantes.

Hoje, se lembra de quantas pessoas a chamaram de maluca, quantas outras disseram que ela nunca conseguiria nada, etc. Hoje sim, ela pode sorrir, e levantar o seu troféu de vitória. Hoje, ela conseguiu vencer.

Querida leitora, como deve ter percebido esta jovem da qual estamos falando passou por muitas lutas, enfrentou muitas coisas, mas ainda sim venceu. Não porque ela é melhor do que outras pessoas, porém, no meio de muitas outras ela se destacou. Ela teve fé, coragem e atitude.

Pois bem, sinceridade agora, ok? Você acha que uma jovem, que dorme até o meio-dia, vai a escola por pura obrigação, e não tem um pingo de desejo de ter uma vida com Deus conseguirá a vitória? Como ela conseguirá algo pelo qual não está buscando? Ou ainda pior, quantas delas estão esperando 'cair do céu'? Olha... Vão ficar esperando a vida toda.

Conheço muitas meninas que dizem 'que se for da vontade de Deus', 'se Deus permitir isso', e ficam sentadas achando que Ele vai respondê-las. - (Sinceridade de novo, ok?) - Deus não é injusto, certo? Pois então, como Ele poderá proporcionar a bênção se você não faz nada? Quem você acha que conseguirá passar para tal colégio, ou trabalho? O que está esperando cair do céu, ou que se esforça? Vai em frente, responda essa pergunta e entenderá do que estou falando. A propósito, é por isso que muitos mundanos vencem, e muitos convertidos ficam com a vida 'estacionada'.

Vá a luta, Deus é contigo! "Esforça-te e anima-te [...] e eu serei contigo" (Deuteronômio 31;23)