30 de abr de 2010

Minha amiga


"Honra teu pai e tua mãe, para que se prolonguem os teus dias (Exôdo 20;12) quer outra? "Filhos, em tudo obedecei a vossos pais ; pois fazê-lo é grato diante do Senhor" (Colossensses 3;20)

Lembro, que desde pequena eu sempre fui muito chegada a minha mãe, qualquer situação que eu passava minha mãe era sempre a primeira a saber (antes mesmo de minha irmã).
­
Quando ela brigava comigo, eu ia para um canto e ficava quietinha, mas quando me chamava eu ia toda feliz abraçá-la. Quando mandava eu fazer alguma coisa, obedecia - por mais que não gostasse. Minha alegria era fazer minha mãe sentir orgulho de mim, eu fazia questão de sempre ser a melhor da sala, para a professora elogiá-la numa reunião. Meu prazer era honrá-la (acho que é por isso que Deus sempre escutava minhas orações!).
­
Infelizmente, essa não é a realidade da maioria dos adolescentes de hoje em dia não é mesmo? Sei que não estou mentindo, já vi muitas colegas minhas fazerem a mãe de capacho, elas chingavam, gritavam, desobedeciam e ignoravam suas mães. As mães coitadas, por mais que tentassem bater um papinho eram desprezadas, com o maior frieza que suas filhas poderiam lhes dar. Era óbvio que elas nem chegavam perto de amar suas mães.
­
Pense um pouquinho, sua mãe merece muito mais do que isso, não? Elas choravam para suas filhas poderem rir, elas se sacrificavam para seus filhos terem o melhor, elas passam a maior parte do tempo pensando em suas filhas, e ainda sim quando chegam em casa, encontram uma cara amarrada pronta para criticá-las. É triste.
­
Sua mãe merece muito mais do que isso. Ela merece chegar do trabalho e encontrarem uma casa limpa, merecem encontrar uma filha com um sorriso de orelha á orelha pronta para abraçá-las, beijá-las e dizer o quanto estão bonitas!
­
Essa da foto é minha mãe, ela é a mulher mais virtuosa que conheço! Ela criou a mim e a minha irmã praticamente sozinha! E mesmo assim, sempre que tinha um tempinho livre, nos levava para sair, para fazer um passeio, ou até mesmo ficar em casa assistindo um filminho.­
­
­Depois de Deus, você deve tratar sua mãe como uma jóia, pois seu valor excede a muitos rubis!


29 de abr de 2010

Deus não rejeita um coração arrependido

Eu nasci na presença de Deus. Quando tinha uns 9 anos minha mãe começou a fazer a Obra Dele.

Me lembro que naquela época, aonde eu passava eu fazia a diferença! Minhas orações eram tão sinceras, que tudo o que eu pedia a Deus, Ele me dava.

Porém, eu não vigiei, e acabei me afastando Dele, por causa das "más companhias". Eu estava na 3ª série, era nova na minha escola, e por incrível que pareça a maioria das pessoas da minha sala gostavam de rock. Andava tanto com essas "amigas" que acabei me tornando uma delas. Eu não tinha a menor idéia de quanto que eu estava abrindo mão para ficar com elas ...

Um ano depois, eu parecia tudo, qualquer pessoa que você possa imaginar, menos aquela menina cheia de fé que eu era. Eu tinha a cara amarrada, não desabafava com absolutamente ninguém, minha mãe (coitada), tentava conversar comigo, porém eu também não dizia nada para ela, cheguei ao ponto de minha mãe querer me levar em médicos, pois ela não tinha idéia do que estava acontecendo comigo.

Acho que nem eu sabia ao certo ... Talvez fosse aquele imenso buraco que havia dentro de mim, e que nunca conseguia preenche-lo, ás vezes me pegava chorando, e não tinha idéia do que poderia ser.

Foi em dias assim que me lembrei do meu Deus. Eu não me achava digna de falar com Ele depois de ter O largado para ficar com minhas "amigas". Realmente, eu não era, porém Ele falou tão forte comigo, que esqueci de tudo e pedi perdão á Ele.

Eu conseguia senti-Lo me abraçando! - há muito tempo eu não sentia aquilo! Mesmo não sendo digna de perdão, Ele sorria tanto para mim!

Querida leitora, Deus não rejeita um coração arrependido. E nunca rejeitará. Se você está com esse enorme vazio ai dentro, se arrependa, seja sincera com Ele. Eu fico imaginando a imensa felicidade Dele, quando uma pessoa se arrepende e reconhece que precisa Dele !

28 de abr de 2010

Sábias, sóbrias e vigilantes


Nós não somos sempre sábias, nós não somos sempre sóbrias e não somos sempre vigilantes. Melhor, nem sempre pensamos antes de falar ou agir, nem sempre moderamos em nosso comportamento e atitudes e nem sempre vigiamos com quem temos falado e com quem andamos.

Qual é o verdadeiro problema disso tudo? Querida leitora, nós não somos perfeitas! Nunca seremos! O único que foi perfeito foi Jesus, mas nós devemos evitar desagradá-Lo, afinal você não quer se filha Dele?

Quando não pensamos antes de falar ou agir, acabamos nos arrependendo mais tarde, e consequentemente desagradando a Deus, quando não moderamos em nossas atitudes, ou seja, quando nos deixamos agir por algum impulso, nos arrependemos mais ainda, e de novo desagradamos a Deus, e quando não vigiamos com nossas amizades, mais uma vez O desagradamos.

Não é isso que na maioria das vezes acontece? Como podemos agradá-Lo, se vivemos O desagradando? Impossível! Depois você se pergunta por que se sente londe de Deus! Não está ai a resposta para essa pergunta?

Como disse anteriormente, não somos perfeitas, porém, se não tentarmos ser para agradar a Deus, bem, nós estaremos longe Dele. Como querer ser Sua filha, se você está longe Dele?

Não é fácil. Afinal, não era mesmo para ser, se você quiser agradar a Deus terá que sacrificar (e muito!)

Mas se você for sábia, sóbria e vigilante, se surpreenderá quando sentir Ele ai pertinho de você! (eu me surpreendi!)

25 de abr de 2010

Que saco ...

" Em paz me deito e logo pego no sono, porque, Senhor, só tu me fazes repousar seguro" (Salmos 4;8)

... Não consigo dormir ! Lembro que era isso que eu falava todas as noites. Eu simplesmente não tinha facilidade nenhuma em dormir! Eu colocava meu iPod bem alto, e ficava escutando a noite inteira, e quando não fazia isso, ficava tentando dormir, embora, tinha uma série de coisas que me impedia disso. (medo do que podia estar fora do meu quarto, de quem estaria lá, ou qualquer outra coisa que me assustasse).

Você pode até pensar que eu estava grandinha demais para aquilo. Realmente estava. Mas pensar nisso não mudava nem um pouco minha situação - e tenho certeza que não muda a situação de pessoas que estão passando por isso.

Depois que conheci a Jesus, isso mudou drasticamente. Os clipes da MTV não tinham mas graça, música não era mas o meu ar, ficar o dia inteiro na internet era chato, e por incrível que pareça, quando deitava na cama, não dava nem 5 minutos e eu já estava dormindo.

Quando conhecemos a Jesus, nossas vidas mudam de tal maneira que não consigo explicar! Ás vezes, o que era mais difícil (como dormir - algo que atormenta tantos adolescentes hoje em dia) se torna a mais fácil, e o que mais fazíamos, acaba se tornando chato.

Não existe uma solução que não seja Jesus, de mudar isso (mesmo que você vá em médicos). Você pode até dizer que é de preocupação, mas eu garanto que não é nada disso, e esse buraco enorme que está ai dentro, só vai ser preenchido quando você tomar uma atitude e conhecer a Jesus - aliás, esse é o lugar Dele, e nada vai poder preenche-lo se não a Ele.