28 de abr de 2010

Sábias, sóbrias e vigilantes


Nós não somos sempre sábias, nós não somos sempre sóbrias e não somos sempre vigilantes. Melhor, nem sempre pensamos antes de falar ou agir, nem sempre moderamos em nosso comportamento e atitudes e nem sempre vigiamos com quem temos falado e com quem andamos.

Qual é o verdadeiro problema disso tudo? Querida leitora, nós não somos perfeitas! Nunca seremos! O único que foi perfeito foi Jesus, mas nós devemos evitar desagradá-Lo, afinal você não quer se filha Dele?

Quando não pensamos antes de falar ou agir, acabamos nos arrependendo mais tarde, e consequentemente desagradando a Deus, quando não moderamos em nossas atitudes, ou seja, quando nos deixamos agir por algum impulso, nos arrependemos mais ainda, e de novo desagradamos a Deus, e quando não vigiamos com nossas amizades, mais uma vez O desagradamos.

Não é isso que na maioria das vezes acontece? Como podemos agradá-Lo, se vivemos O desagradando? Impossível! Depois você se pergunta por que se sente londe de Deus! Não está ai a resposta para essa pergunta?

Como disse anteriormente, não somos perfeitas, porém, se não tentarmos ser para agradar a Deus, bem, nós estaremos longe Dele. Como querer ser Sua filha, se você está longe Dele?

Não é fácil. Afinal, não era mesmo para ser, se você quiser agradar a Deus terá que sacrificar (e muito!)

Mas se você for sábia, sóbria e vigilante, se surpreenderá quando sentir Ele ai pertinho de você! (eu me surpreendi!)

Nenhum comentário:

Postar um comentário