11 de fev de 2011

Minha Luta - Parte III


Já era junho. Eu andava com o meu novo "grupo de amigos". Assistíamos as aulas juntos, almoçávamos juntos, saíamos juntos... Eu comecei a me deixar levar com o 'brilho do mundo'.

Naquela época, eu sempre voltava para casa com uma menina que morava no mesmo bairro que eu, e um dia, eu acabei falando que gostava de um rapaz para ela. Não demorou muito tempo até o grupo inteiro - inclusive o rapaz que eu gostava - e até pessoas de fora saberem disso.

Um dia, um amigo do rapaz que eu gostava, me disse que ele (o rapaz que gostava) não se interessava por mim. Foi o que bastou. Minha vontade foi de sair chorando dali, e acabou que a tal menina que começou aquela história, ligou para o rapaz que eu gostava e perguntou se tudo aquilo era verdade. Resultado: Ele ficou com raiva de um amigo que conhecia desde os 5 anos.

Existe algo que é abominável para Deus: O que semeia contenda entre os amigos (Pv 6;19). Aquela menina poderia não saber disso, mas eu sabia, e mesmo assim deixei isso acontecer.

Passou um tempo, e o rapaz que eu gostava me disse que ia sair do curso. Eu fiquei muito triste, porém, só hoje enxergo que foi um livramento... Aconteceram muitas outras coisas que me distanciaram de Deus, que me levaram a pecar e que me levaram a semear contendas entre meus amigos.

Lembrando, que eu estava tentando passar em algum concurso com a força dos meus braços. Mas você já deve ter notado que meus pensamentos estavam longe de Deus. Quando estudava, logo me distraía. Sempre que estava com meus 'amigos' contava alguma mentira para impressionar... e isso só me levou para o buraco.

Continua...

Nenhum comentário:

Postar um comentário