5 de fev de 2011

Minha Luta - Parte I

Ano passado eu comecei a fazer pré-técnico em um dos melhores cursos da minha cidade. Como você pode imaginar, havia muitas pessoas de classe média-alta e imagino eu que por isso, eram muito mais educados do que os jovens que vemos por aí...

No primeiro dia, eu me senti um E.T. Eu entrei numa sala com mais de 112 pessoas, e com um professor dando aula com um microfone, (acredite!) e com dois quadros imensos atrás dele. Detalhe: eu estudei a vida inteira em colégio público, e o meu colégio, não ensinava nem metade das matérias que os alunos deviam aprender.

Não foi nada fácil. Foi a primeira vez que eu tive uma aula de geometria e eu não fazia idéia do que o professor dizia. Foi uma luta! Era todo sábado de 7 hrs ás 18 hrs. Chegava em casa 'morta' de cansaço, e ainda tinha que estudar.

Nessa época, minha irmã mais nova, tinha menos de um ano, e ela ficava numa escolinha para eu pode estudar. O problema foi que: ela pegou uma virose, emagreceu muito rápido e não tinha condições nenhuma de voltar para essa escolinha. Bom, eu até consegui resolver o problema... minha irmã mais velha ficava com ela enquanto eu estava na escola e o resto do dia ela ficava comigo.

Ela precisava de atenção integral e comer tudo na hora certa. Até pra dormir tinha que ser na hora certa... O problema foi que não dava mais tempo de estudar. E foi nessa mesma época que eu tive um simulado no curso. Acredite, de 40 questões eu acertei 7. Eu cheguei em casa com lágrimas nos olhos, revoltada e ao mesmo tempo, pegava os meus livros e o meu caderno para estudar assim mesmo... Eu fiquei arrasada, e a minha mãe, mais ainda.

A única maneira que eu encontrei para mudar essa situação, foi começar a estudar de madrugada. Eu estava firme com Deus, porém, eu sabia que se ficasse de braços cruzados, esperando cair do céu, eu não conseguiria nada.

Continua...

Nenhum comentário:

Postar um comentário