2 de jun de 2010

Meu sacrifício

"Ofereceis sacrifícios de justiça e confiai no Senhor" (Salmos 4;5)

O clima era tenso, as pessoas estavam revoltadas, determinadas, meu clamor saiu mais forte do que eu pensava... não era eu. Era o Espírito Santo.

Desde que começou a Fogueira Santa, tinha em mente o que eu sacrificaria. Minhas roupas. Na verdade, gosto muito de escolher minhas roupas a dedo... mas não foi isso que Deus me pediu.

Ele pediu algo que tem muito mais valor pra mim, algo que não fico nem um dia sem mexer... Meu computador. Sim, um computador.

Na hora que Ele me disse isso, eu me recusei a acreditar, afinal, eu usava meu computador para evangelizar. Mas esse não era meu único objetivo... não mesmo!

Se eu vendesse minha roupas, não chegaria nem perto de cumprir meu voto, se vendesse outras coisas, menos ainda, mas o esse computador é exatamente o valor do voto que eu fiz.

Não me leve a mal, eu não quero fazer isso, não é o que minha carne esta pedindo, mas é o meu Senhor quem pede, e eu, de maneira alguma vou rejeitá-Lo, ou virar as costas para Ele. Eu sempre digo para as pessoas não fazerem isso, mas agora, vou ouvir meu próprio conselho... Vou pô-lo em prática.

Esse será meu sacrifício perfeito. Agora, vou apenas confiar em meu Deus. Então, me perdoe se eu não escrever todos os dias, me perdoe se eu ficar até uma semana sem escrever... Mas eu tenho que dar ouvidos a voz do meu Deus, se é isso o que Ele está me pedindo, eu não vou negar.

ps: Logo, logo estarei aqui dando meu testemunho e vou mostrar as obras de minha fé, para aqueles que ainda não acreditam que o meu Deus é vivo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário