29 de mai de 2010

Nossa, que linda!


Um certo dia, quando estava na escola, sentei com duas amigas. Uma conhecida de aproximou de nós para conversar. Ela tinha o cabelo longo e loiro, seu corpo era bonito, sua voz também, ela sabia se maquiar e se arrumar...


Quando ela virou as costas uma das meninas disse: "- Nossa, ela é linda!"


Aquilo foi uma facada em mim! Por mais que não deixasse ninguém perceber. Era difícil para mim aceitar que eu não era tão "bonita" quanto ela. O diabo sempre tocou nesse ponto comigo, ele sabia que esse era meu ponto fraco...


No mesmo dia, quando ninguém estava por perto, decidi desabafar com o meu Pai, "- Ele pode resolver isso!" pensei eu. Bem, até tinha sentido pensar daquele jeito, afinal, Ele é o Criador dos céus e da terra, Ele poderia me deixar mais bonita, certo? Errado. Acho que Deus ficou até chateado comigo por ter pedido isso ...


Havia algo em mim que muitas queriam e poucas conseguiam, algo que nem mesma aquela menina linda tinha. Eu possuía o Espírito Santo, eu tinha (tenho) a minha salvação eterna, minha vida estava a disposição de um Deus Todo-Poderoso, e se já não bastasse, Ele fazia questão de resplandecer em mim, e de mostrar para todo o mundo o quanto Ele me amava, e que de fato, eu era filha Dele.


Deus me criou com Suas próprias mãos, Ele desenhou cada detalhe do meu rosto, do meu corpo, de tudo em mim... Como Ele é maravilhoso! E como eu sou ingrata! Como eu poderia recusar a tamanha beleza que Deus desenhou? Como eu poderia ficar apontando defeitos nas obras das próprias mãos de Deus?


Me achar feia, chegava a ser um insulto as obras de Deus. Mas por que será que mesmo assim, eu continuava me achando... Não tão bonita? Bom, eu não cuidava de mim, eu não gostava de escolher minhas roupas a dedo, eu não gostava de me maquiar... Eu não cuidava da obra de Deus. O que acontece quando descuidamos de algo? Aquilo só vai "enferrujando", empoeirando, etc.


Foi difícil para mim reconhecer que eu não me cuidava... Mas isso não me impediu de tomar uma decisão. "Nunca mais vou dizer que sou feia! Por mais que seja tentada em fazê-lo!"


Minha vida mudou drasticamente depois dessa decisão. Eu tinha prazer em me arrumar, em me maquiar, em cuidar dos meu cabelo ...


As pessoas começaram a repara algo diferente em mim, a única coisa que fazia em meu cabelo era tratá-los, comecei a usar roupas descontraídas (do jeito que eu gosto!), amava me maquiar, etc.


Eu permiti que o Espírito Santo resplandecesse muito mas em mim! Embora minhas roupas fossem descontraídas, eram discretas, assim como todo o resto... Literalmente, havia algo em mim que aquela "menina linda" não chegava nem perto de ter!


Ter o cabelo curto deixou de ser um problema, as terríveis espinhas foram solucionadas, e toda aquela minha "feiura" foi embora quando tomei aquela importante atitude!


Por favor, não pense:" Ela não me conhece, por isso está dizendo isso." Na verdade, sei muito bem do que estou falando e me recordo muito bem de toda aquela dor desnecessária. Sim, desnecessária.


Não critique a obra que Deus fez! Reconheça sua beleza, e cuide dela, não a deixe "enferrujar", dê espaço para o Espírito Santo resplandecer.


Afinal (se você é filha Dele) é exatamente isso que Ele quer... Resplandecer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário